Muito trabalho…

24/07/07

E pouco tempo para postar. Enquanto isso visite esse portal de blender en español: . Interface criativa, texto fácil.


Bibliografia de apoio

17/07/07

blender3d.jpg Uma das vantagens do software open source é que ele está em constante evolução. Uma desvantagem é que a bibliografia de apoio não consegue acompanhar o passo rápido dessa evolução. O resultado é que existem poucos livros que tratem sobre o Blender tanto em português quanto em inglês. No Brasil, eu conheço dois e uso um. É o Blender 3D – Guia do usuário, escrito por Allan Brito e publicado pela Novatec. Não vou dizer que recomendo porque não tenho parâmetros para comparação, mas se você ainda é fã de papel, é bom ter esse livro a mão.

Na Fnac, custa 78 reais. Na Submarino nem quero saber, porque não em aceitaram no programa de filiados. Manés!


Macacos me mordam

16/07/07

suzanne.jpg

Por que cargas d’água o Blender tem uma cabeça de macaco?  A Suzanne, a macaca acima, é um easter egg dentro do software e também cumpre o papel de teapot (aquela chaleira que volta e meia você vai ver em algum artigo ou livro sobre 3D / computação gráfica). Excelente para testar materiais e outras coisas.


Adicionando sólidos

13/07/07

add.pngAs coisas começam a ficar legais agora quando se começa a adicionar as primeiras figuras através do menu Add.

O primeiro deles é o que adiciona sólidos baseados em mesh (malha) na tela.

As figuras aparecem exatamente no cursor 3d (aquele alvozinho) e algumas delas pedem que você insira uns dados antes. Ou simplesmente clique OK .

  • Plane – Cria um plano bidimensional.
  • Cube – Resulta num cubo (Dã!)
  • Circle – Cria um círculo, tio? Também. Se você especificar que ele tenha só 3 lados, cria um triângulo e por aí vai.
  • UV Sphere – Cria uma esfera de faces quadrangulares.
  • ICO Sphere – Gera uma esfera de faces triangulares.
  • Cylinder – Assim comoo círculo, pode resultar em outras figuras além do cilindro.
  • Cone – Para os fãs de cones e pirâmides.
  • Grid – Cria uma grade.
  • Monkey – Se você precisar de uma cabeça de macaca, essa é sua ferramenta.
  • Torus – Quem tiver o Python instalado (o link está aí do lado), pode gerar uma argola, um anel ou em homenagem ao filme dos Simpsons, uma rosquinha.


Hora do recreio

12/07/07

cartman.pngEstudar é um porre. É, eu sei. Não vejo a hora de parar de decorar comandos e o-que-faz-o-quê para começar dar vida a meus modelos.

Uma das coisas legais que da para fazer com 3D é isso aqui. Com esse software, o Pepakura Designer, você transforma modelos tridimensionais em figuras de papel para montar, como o Cartman aí do lado, criado por Cláudio Dias, que mantém um blog sobre o assunto.

Aproveito o ensejo (hehe! palavra feia!) para divulgar meu trabalho com modelos de papel no meu outro blog, o toy toy, onde eu comecei a pôr as minhas peças.


O menu File

10/07/07

Menu fileComo eu já havia dito antes, os atalhos do Blender não seguem o padrão dos softwares com que eu estou acostumado. Tudo bem, minha memória é boa e já aprendo eles rapidinho.

  • New/ Ctrl X – Abre um arquivo sem nome com um cubo na configuração original. Quando você cria um arquivo novo, o Blender pergunta se é para apagar tudo. Pode dizer sim, sem medo de ser feliz.
  • Open/F1 – Abre a janela do File Browser
  • Open Recent – Exibe uma lista dos últimos arquivos trabalhados.
  • Recover Last Session – Recupera a última sessão de trabalho gravada.
  • Save/ Ctrl W – Salva o arquivo em uso.
  • Save As/ F2 – Abre o gerenciador de arquivo para você salvá-lo com outro nome ou em outro local.
  • Compress File – Pode ser marcado ou desmarcado para comprimir o arquivo.
  • Save Image / F3 – Se houver alguma imagem renderizada, é gravada em um arquivo gráfico.
  • Dump Subwindow /Ctrl F3 – Salva a janela ativa em um formato bitmap.
  • Dump Screen /Ctrl Shift F3 – Salva a área de trabalho em formato bitmap.
  • Save Runtime e Save Dynamic Runtime – Criam .exe.
  • Save Default Settings – Faz o Blender usar a configuração presente da tela como padrão inicial.
  • Load Factory Settings – Restaura os padrões de fábrica.
  • Append or Link – Importa dados de outros arquivos para o arquivo atual.
  • Import – Abre um arquivo gerado em outro software.
  • Export – Salva em formatos que não o .blend.
  • Pack Data – Salva arquivos externos  como, por exemplo, texturas dentro de um .blend.
  • Unpack Data – Desfaz o pack data.

Isso é só um overview, viu?


O carro diante dos bois

6/07/07

Estou tentando modelar uma maçã para pôr em prática o que aprendi. O tema é simples e achei que ia conseguir um resultado bacana. Ledo engano, meu! Ainda está bem longe do resultado que imaginei. A modelagem pode não ter ficado lá essas coisas, mas eu gostei das texturas e tô pondo elas aqui. Na faixa

.Maçã vermelhaMaçã verde